cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

[ad_1]

coronavírus

Crédito: CC0 Public Domain

A Argentina anunciou sua segunda morte relacionada ao coronavírus na sexta-feira, quando o Equador informou sua primeira, elevando o número total de mortes na América Latina para cinco, pois o vírus mostra sinais de propagação rápida.

Venezuela, Uruguai, Guatemala e Suriname relataram seus primeiros casos da pandemia do COVID-19.

Os casos gerais na região mais que dobraram nos últimos dois dias, para mais de 340, quando a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) alertou os governos na quinta-feira para preparar seus serviços de saúde para lidar com isso.

Vários países latino-americanos restringiram as restrições aos vínculos de viagem com a Europa, de onde muitas pessoas na região descendem e ainda têm família.

Um argentino de 61 anos que voltou da Itália em 24 de fevereiro e já havia sofrido pneumonia morreu de “insuficiência respiratória”, informou o Ministério da Saúde da província de Chaco em comunicado.

A Itália é o país mais afetado fora da China, onde o vírus se originou.

A Argentina registrou a primeira morte de coronavírus na América Latina em 7 de março.

No Equador, uma mulher de 71 anos que viajou para a Espanha morreu de uma “insuficiência respiratória grave”, disse a ministra da Saúde Catalina Andramuno.

A mulher também foi a primeira pessoa no Equador a ser diagnosticada com a doença de COVID-19.

Bolsonaro testa negativo

Após notícias anteriores da imprensa de que ele havia contraído o vírus, o líder populista de extrema-direita do Brasil, Jair Bolsonaro, postou uma mensagem em sua página no Facebook dizendo que havia testado negativo.

“Não acredite na mídia falsa!” ele escreveu ao lado de uma foto dele realizando um gesto obsceno.

Bolsonaro foi testado depois que seu chefe de comunicação, Fabio Wajngarten, contraiu o vírus após uma viagem aos Estados Unidos, na qual os dois homens se encontraram com o presidente dos EUA, Donald Trump.

A Venezuela anunciou seus dois primeiros casos de coronavírus: um de 41 anos que havia visitado os EUA, Itália e Espanha e um de 52 anos que havia visitado a Espanha.

Ambos haviam retornado de Madri em um voo da Iberian Airways para Caracas que voa três vezes por semana.

As autoridades ordenaram a todos na rota entre 2 e 5 de março que entrassem em “quarentena preventiva obrigatória imediata”.

O governo suspendeu todas as aulas de escolas e universidades e ordenou que os que trabalhavam nos pontos de entrada na fronteira usassem máscaras.

O Chile e o México se uniram a muitos outros países na proibição de grandes reuniões, enquanto o Uruguai afirmou ter registrado quatro casos, três em pessoas que retornaram de Milão.

Especialistas médicos cubanos disseram que desenvolveram um medicamento antiviral usado na China para tratar pacientes que reabastecem o sistema imunológico humano e receberam interesse de 15 países em comprá-lo.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Mas na Bolívia, o pânico já havia começado a se espalhar, apesar de apenas três casos registrados.

Pessoas fora dos hospitais impediram que outras pessoas procurassem tratamento, dizendo que as instalações não estavam equipadas para lidar com o coronavírus e que aceitá-las espalharia a doença, informou a mídia local.

Festivais de música desativados

O Brasil adiou até dezembro o festival internacional de Lollapalooza, que ocorrerá de 3 a 5 de abril em São Paulo.

Santiago e Buenos Aires haviam adiado as datas dos festivais para novembro.

O estado do Rio fechou escolas, teatros, estádios esportivos e salas de concerto por duas semanas, enquanto o estado de São Paulo também cancelou eventos públicos.

O Uruguai cancelou um festival de rock na capital Montevidéu, que esperava atrair 40.000 fãs.

As autoridades brasileiras também colocaram em quarentena um navio de cruzeiro com bandeira das Bahamas com 600 pessoas a bordo, depois que um passageiro canadense de 78 anos desenvolveu febre, tosse e problemas respiratórios.

O Uruguai afastou um navio de cruzeiro de sua popular estância turística Punta de Este, embora ninguém a bordo tenha sido relatado como doente.

O presidente Nayib Bukele, de El Salvador, que não registrou nenhum caso, ordenou que o exército prendesse qualquer pessoa que entrasse ilegalmente no país para tentar conter o vírus.

Os mercados de ações se recuperaram parcialmente na sexta-feira, após uma semana contundente.

O câmbio do Brasil em São Paulo subiu quase 14%, mas perdeu 15% no total nesta semana.

Paraguai e Colômbia suspenderam suas ligas de futebol, enquanto Bolívia e Uruguai impediram os torcedores deles. O Brasil proibiu torcedores de disputar suas duas maiores cidades, Rio de Janeiro e São Paulo.


América Latina intensifica medidas contra a disseminação de coronavírus


© 2020 AFP

Citação:
                                                 Mortes na Argentina e Equador aumentam para cinco o vírus da América Latina (2020, 14 de março)
                                                 Consultado em 14 de março de 2020
                                                 from https://medicalxpress.com/news/2020-03-argentina-ecuador-deaths-latam-virus.html

Este documento está sujeito a direitos autorais. Além de qualquer negociação justa para fins de estudo ou pesquisa privada, nenhuma
                                            parte pode ser reproduzida sem a permissão por escrito. O conteúdo é fornecido apenas para fins informativos.



[ad_2]

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *